Este site utiliza cookies . Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Cookies. Fechar
Menu Lateral
8
MAI

2024
Data de Fim
03/06/2024
Horário
Pós-laboral (2ª a sábado)
Duração
25.0 horas
Local de Formação
Online e ISQ
Preço
300,00€ (+ IVA)
Tipo de Formação
Formação Presencial
Contacto
Adelaide Pimentel
926396854
ampimentel@isq.pt
Informação sobre a edição do curso Soldadura de Aço por fusão na área do gás (UFCD 10726)
Objetivos

Os requisitos de acesso e exercício da atividade das entidades e profissionais que atuam na área dos gases combustíveis são estabelecidos pela Lei n. 15/2015 de 16 fev. que prevê para as Entidade Instaladoras, um determinado quadro de pessoal técnico, que pode variar em função do âmbito da sua atividade, que inclua:

- Técnicos de Gás (TG)

- Instalador/a de Instalações de Redes de Gás e de Redes e Ramais de Distribuição de Gás (IRG)

- Instalador de Aparelhos a Gás (IAG)

- Soldador de Aço por Fusão (SA)

O acesso às referidas qualificações implica a frequência de formação modular, em entidade formadora certificada pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), como é o caso do ISQ.

O presente curso visa assim o acesso à qualificação como Soldador de Aço por Fusão junto da DGEG. Para o acesso e exercício desta profissão deve também possuir certificado de qualificação de soldador de tubagem em aço, válido, no processo SER ou TIG. O ISQ desenvolve formação especifica na área da soldadura para acessos às referidas qualificações.

No final desta ação de formação o formando deverá:

 - Interpretar e aplicar a legislação inerente às redes de gases combustíveis.

 - Caracterizar os processos de soldadura aplicáveis.

 - Intervir em redes de aço contendo gases combustíveis atendendo às questões de segurança e normas técnicas aplicáveis.

Condições de Inscrição

Técnicos sem formação na área do gás que trabalham ou pretendam vir a trabalhar no setor dos Gases Combustíveis, integrados em entidades instaladoras de gás certificadas pela DGEG.

Requisitos de acesso:

  • Idade igual ou superior a 18 anos;
  • Escolaridade básica obrigatória.
  • Certificado de Qualificação de Soldador de tubagem em aço no processo SER ou TIG, válido, comprovado com apresentação de cópia;

NOTA: Caso tenha já algum dos outros títulos profissionais de TG, IRG, IAG, não necessita frequentar esta formação para se qualificar junto da DGEG. Bastará, neste caso, apresentar junto da DGEG a qualificação como soldador qualificado em tubagem em aço, válida.

Conteúdos Programáticos

- Caracterização dos gases combustíveis

- Normativos básicos aplicados à área do gás

- Redes de transporte:

Colocação em obra

   Instalação das tubagens no subsolo

   Profundidade

   Tubagens de gás na proximidade de outras instalações subterrâneas

- Equipamentos de limpeza e inspeção

- Instalação de válvulas de seccionamento

- Ensaios em obra: Ensaio de resistência mecânica; Ensaio de estanquidade

- Entrada em serviço, inspeção e manutenção de gasodutos - breve resumo

- Defeitos de soldadura:

   Tipos de defeitos e sua classificação

   Causas que originam os defeitos

   Técnicas de prevenção de defeitos

- Deformações e empenos

   Tipos de deformações e empenos

   Causas que originam as deformações e empenos

   Técnicas de prevenção

   Técnicas de desempeno

- Controlo de qualidade em juntas soldadas

- Simbologia de soldadura

Observações

3 a 4 vezes por semana de 2ª a 6ª feiras das 18:30-22:30; Sábado das 9h às 18h

DESCONTOS COMERCIAIS (Não acumuláveis):

10% em duas ou mais inscrições

10% para técnicos inscritos em simultâneo em mais do que um curso habilitante na área do gás combustível

10% para empresas do setor inscritas na DGEG

A documentação de apoio ao curso é disponibilizada em suporte informático.

O curso será realizado em REGIME MISTO: conjugando formação teórica, realizada online em tempo real e, formação prática, presencial, nos seguintes locais, alternativos:

 - Lisboa (Oeiras)

 - Vila Nova de Gaia (Grijó)

Aquando da inscrição deverá informar em qual dos locais pretende frequentar a componente presencial.